27 de janeiro de 2013

Trabalhando do jeito canadense, mas no Brasil

Enquanto não recebo notícias do nosso processo, porque não tentar adiantar um pouco as coisas por aqui?

Esse ano estou começando emprego novo. Acredito que virá muito a calhar. Trabalho atualmente numa escola que oferece um  programa completo baseado na metodologia de ensino canadense. Os currículos para educação infantil e ensino fundamental são desenvolvidos por especialistas da própria instituição. Não chega a ser uma escola internacional, uma vez que é aplicado no Brasil em consonância com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional do Ministério da Educação (MEC).

O bacana é que recebi, assim como todos os outros professores da escola, treinamento com uma canadense, senhora de 70 anos, com uma vasta experiência na educação infantil do Canadá. O curso foi riquíssimo. Ela passou muito da forma como se é a prática em sala de aula e o ponto de vista canadense perante a educação.

A sede dessa escola está localizada na cidade de Vancouver, no Canadá. Atualmente, há mais de 80 escolas da mesma rede de ensino infantil e fundamental operando em Bangladesh, Brasil, Índia, Coreia do Sul, Turquia, Vietnã, Marrocos, China e México. Dessa forma, acredito eu que essa experiência pode ter valor no momento que estiver morando no Canadá.

Além disso, tenho a oportunidade de me inscrever num curso de pós-graduação em educação pela University of Winnipeg por ser professora dessa rede. Esse curso será dado parcialmente presencial (no Brasil) e parcialmente on-line. No fim, ao término do curso, obterei um diploma internacional de uma instituição canadense.

Fico pensando muito no tempo que ganharei por já estar fazendo um curso dele aqui, no Brasil, enquanto ainda tenho uma renda. Esperar para chegar no Canadá para então começar um curso, não tendo um emprego que cubra nossas despesas é algo que me preocupa. Se tudo der certo, conseguirei antecipar.

Vamos ver.

Acabo de começar, mas So Far, So Good!

4 comentários:

Apoema disse...

Que ótimo! Aproveite mesmo! Eu adoraria ter tido uma oportunidade dessas, ainda mais na educação, já que é complicado conseguir validar o diploma e poder lecionar por lá. Bonne chance!!!

Dea Mattos disse...

Oi Fernanda!
Fiquei muito feliz ao ler seu post porque também enviei meus documentos em jan/12 e acompanhei com vcs aquela historia toda de ir e vir de documentos. Tenho certeza de que foi bem difícil, mas agora parece que as coisas se encaixam.
Vai ver tudo isso aconteceu justamente para vc abraçar esta oportunidade! A vida segue o seu próprio timing, mesmo que a gente não o compreenda logo de cara. Aproveite muito essa chance! Ela chegou na hora certa!

Um abração e tô aqui na torcida por vocês! ;)

brazucoise disse...

Olá!
Oportunidade de ouro, heim. Caiu no seu colo na hora certa, não é mesmo?!
Então, aproveita esta chance. Tudo conspirando a favor...
Quem saber vc não consegue dar continuidade por lá?! Uma porta já se abriu ;)
Tenha fé e siga confiante!

Abraços!
Nilian

Irrael B. C. Melo Jr disse...

Olá! Acabo de conhecer seu blog.
Também tenho como projeto de vida a imigração para o Canadá, e por ser professor, como vc, me identifiquei com sua trajetória. Eu ainda não dei entrada em meu processo, ainda estou estudando francês, mas pretendo fazer isso em breve.
Você já iniciou o processo para ter autorização de lecionar no Canadá? Eu já pesquisei um pouco por conta própria, mas ainda estou meio perdido. Se puder compartilhar um pouco da sua experiência, ficarei muito grato!
Desejo boa sorte com seu processo!