4 de dezembro de 2009

A entrevista

Obrigada a todos pelo apoio. Acho que o apoio de vocês contou muito para me manter calma. Até estranhei minha falta de nervosismo!

Vamos lá, deixa eu contar como foi a temida entrevista:

Cheguei uns 20 minutos antes do horário combinado e encontrei outros vários alunos já esperando sentados na sala. Me juntei a eles e esperei. Até que apareceu um senhor. Visualize o estereotipo de gringo no Brasil: bermudão cáqui, camisa estampada com alguns botões abertos, barba branca, cabelo sem corte.... Era ele, o entrevistador.

Nos informaram que teríamos primeiro uma prova escrita de inglês, depois uma entrevista em português e por fim uma em inglês. Foi e não foi bem assim.

Esse senhor convidou a todos a entrarem na sala de reuniões. Eu fiquei impressionada com o número de pessoas participando do processo de seleção. Eramos em 11 no total, sendo que 7 estavam tentando ir para a Bishop's, apenas 1 para Concordia (Montreal) e os outros para universidades de língua francesa.

O entrevistador falou sobre o programa, sobre o Canadá, sobre o Quebec, o clima, Montreal, as universidades... Falou que há uma concorrência maior para as universidades de língua inglesa, já que todo mundo fala inglês. Que dificilmente alguém é recusado por uma universidade de língua francesa, que ele recomenda elas.... Ele era muito simpático, o que me ajudou muito para me manter segura durante todo o tempo.

Ele nos ditou o tema da redação: Comment: there are only advantages of studing abroad e pediu que fizessemos uma redação a partir disso. Enquanto estávamos na outra sala, ele entrevistava os alunos que iam para instituições em francês. Escrevi uma página e fiquei esperando minha vez para a entrevista.

Enquanto esperava descobri que tenho algumas vantagens sobre os 3 candidatos com quem conversei: a minha média ponderada era a maior entre eles, fiz iniciação científica, há uma tendencia a cursos de humanas para a Bishop's. Sabendo desses fatores minha confiança foi só aumentando.

Então que chegou minha vez. Entrei na sala e ele começou a comentar minha redação. "Então só há vantagens em se estudar no exterior?" (em inglês). Eu respondi dizendo que mesmo dando tudo errado, o crescimento com a experiência é sempre uma vantagem. Ele me perguntou o que poderia dar errado numa viagem. Ai contei (não sei se foi um erro mencionar isso) que quando fui para Londres pela primeira vez fiquei um pouco deprimida, já que fui sozinha e não fui com um objetivo específico. Ele então perguntou se eu não ia ficar deprimida no Canadá. Na hora tive que me segurar pra não falar o quanto tenho estudado sobre o Canadá, o quanto quero ir pra lá, que dessa vez meu marido e filho estarão comigo, etc.... Ao invez disso, falei que estou muito mais madura, que esse plano é estudado, vou com objetivos claros...

Ele perguntou o que vou estudar lá. Eu contei que meus estudos são na área de políticas públicas de inclusão de pessoas com necessidades especiais, disse que as experiências canadenses estão à frente da brasileira, que quero conhecer a política de atendimento de lá. Ele então me disse que ao chegar lá eu poderia fazer trabalho voluntário em organizações que trabalham com isso. Pensei: to dentro! ate trabalho ele tá me arrumando... rs

No fim acho que me saí muito bem. Não toquei no assunto imigração, já que é algo totalmente separado, eles não quiseram saber se eu era casada, se tinha filhos, se teria o dinheiro pra ficar lá, nem nada. Essa foi uma seleção da USP para então mandar apenas os candidatos aptos para serem selecionados pela instituição canadense.

A resposta dessa seleção da USP sai na semana que vem. Mas só em fevereiro que os documentos serão enviados para a Bishop's para eles avaliarem e selecionarem os canditatos. Até lá tem muito chá de cadeira........

Abraços.

4 comentários:

Dani disse...

Oi Fernanda!!
Que bom que foi mais tranquilo do que vc imaginava!! Viu só como é importante manter a calma?
Qto à espera... no fim do ano tudo passa mais rápido! Mtas comemorações, Natal, Ano Novo... fevereiro logo chega!!
Boa sorte! Um bjo =)

Dani e CM disse...

Viu como as coisas iriam sair bem?
Pensamento positivo sempre
Tudo de bom pra vcs, vai dar certo la na Bishop!

Danielle

César, Valéria, Lara e Anaclara disse...

Mandou bem na entrevista. Parabéns. Com certeza você terá ótimas notícias. Aguarde.

E a vida segue...

Sabrina e Henry disse...

Fernanda, descobri seu blog pelo orkut... parabéns pela entrevista, estou torcendo para você!

Beijos

Sabrina
www.sabrinaehenrymontreal.blogspot.com