10 de junho de 2011

Conheça os 10 principais erros nas entrevistas de imigração no Québec

O Universia Brasil preparou um guia sobre o processo de imigração de brasileiros interessados em embarcar para o Québec, a maior província canadense. São vários os itens tratados nesse especial. Abaixo um deles, sobre os erros cometidos nas entrevistas de seleção. 




Extraído do site Universia Brasil 

Saiba o que pega mal durante a conversa com o entrevistador e amplie suas chances de aprovação nessa etapa do processo

Ainda que o índice de aprovação na entrevista de imigração do Québec seja superior a 90%, há alguns erros que podem distanciá-lo do sonho de sair do Brasil em busca de novas oportunidades de trabalhar na província canadense. Deslizes muitas vezes cometidos por causa da inexperiência com o francês ou mesmo por causa do nervosismo. Veja 10 das principais atitudes que contribuem para reprovação nessa etapa do processo e saiba como usar a estatística a seu favor.

1. Não ter conhecimentos do idioma francês
A entrevista é realizada por um representante do governo quebequense exclusivamente em francês. Portanto, é preciso ter no mínimo o nível básico/intermediário do idioma para conseguir compreender e ser compreendida.

2. Não se preparar para a entrevista
Além de ter conhecimentos do idioma francês, é necessário conhecer o processo de imigração do Québec bem como conhecer, respeitar e partilhar os valores da sociedade quebequense. Busque informações sobre o Canadá e a província, porque você poderá ser questionado pelo entrevistador. Prepare-se para não ser pego de surpresa.

3. Falar de mais
O ideal é responder apenas o que foi questionado. Nada de tentar dar explicações quando não solicitadas. Ao invés de justificar o problema, você poderá dar maior ênfase a ele e, consequentemente, se prejudicar na avaliação.

4. Dar respostas evasivas
Quando não souber responder a algumas das perguntas do entrevistador não tente enganá-lo com respostas sem sentidos. Ser verdadeiro é mais vantajoso do que evasivo. Pense nisso!

5. Não pensar antes de falar
Cuidado com as respostas precipitadas. Na ânsia de dar sequência à entrevista você pode perder pontos na avaliação. Por exemplo, ao ser questionado sobre conhecimentos na língua inglesa, você diz que não ter nenhum. Mas será que nenhum mesmo? Nem o básico aprendido no Ensino Fundamental e Médio brasileiro? Portanto, se tivesse pensando um pouquinho mais antes de responder poderia ter ganhado alguns pontinhos extras na avaliação. Lembre-se: qualquer ponto pode ser valioso no fim da avaliação.

6. Mentir para conseguir maior pontuação
A maioria das informações prestadas durante a entrevista ou mesmo no dossiê deve ser atestada por documentos. Há ainda o risco de entrar em condição durante a entrevista. Cuidado! Além de não ganhar pontos com a mentira, poderá prejudicar sua imagem diante do governo quebequense.

7. Mencionar objetivos diferentes ao proposto pelo processo de imigração
Se o processo de imigração visa recrutar brasileiros interessados em trabalhar em Québec de nada adianta dizer para o entrevistador que seu maior interesse é estudar na província canadense. Essa resposta já seria motivo de reprovação. Cuidado, portanto, ao explicar seus objetivos para o representante do governo quebequense.

8. Entregar ao entrevistador um currículo em francês
Diferente do que muitos possam imaginar, a função do Escritório de Imigração do Québec não é oferecer emprego para brasileiros na província canadense. O objetivo é fazer a triagem dos candidatos para o programa "Imigração Québec", ou seja, dar autorização para que eles possam tirar o Visto de Residente Permanente e trabalhar legalmente em Québec.

9. Mostrar desconhecimento sobre o mercado quebequense
A seleção prioriza os candidatos que comprovem interesse em migrar para o Québec e tenham, principalmente, força de vontade para encontrar um emprego na província canadense. Portanto, você ganhará ainda mais pontos com o entrevistado se demonstrar conhecimentos do mercado.

10. Não apresentar os documentos originais
No ato da entrevista, os candidatos à imigração devem apresentar os originais dos documentos apresentadas no dossiê. O esquecimento poderá resultar na reprovação. Não é necessário fazer a tradução juramentada dos documentos.


* Com informações de Soraia Tandel, diretora de Imigração do Escritório de Quebec.
Categories:

2 comentários:

SonhoComCanada disse...

eu preciso dar uma olhada nesse guia todo. legal essas dicas !!

abraços;
Catherine
http://meetyoutherecanada.blogspot.com/2011/06/how-old-are-u-now.html (novo post)

César, Valéria, Lara e Anaclara disse...

Mas tem uns erros aí que não acredito que tem gente que cometa. São básicos demais.

E a vida segue...