13 de junho de 2011

Recusados?!?

Chegou nossa segunda carta!! Fiquei super animada. Fui abri e me deparei com o seguinte:

"Vous n'avez pas obtenu um nombre de points suffisant au regard des facteurs de la grille de sélection, conforément ai Règlement sur la sélection des ressortissants étrangers..."

Como assim?!!!! Fiquei perplexa! Depois de tantos anos pensando e nos preparando para enviar nossos documentos, não somos aceitos?! Mesmo com dois filhos, superior completo, conjuge com formação em área em demanda, francês intermediário e inglês avançado?! O que faltou?

Tive que parar pra ler toda a carta, e realmente está tudo lá.

Eis a "Fiche d'Evaluation"



Dessa forma, nosso total foi 53 pontos, sendo que o necessário para um casal é no mínimo 57 pontos. Fiquei pensando "poxa, mas tinha certeza que passávamos tranquilamente". Mas cometi um erro que, apesar de anos de pesquisa sobre imigração para Quebec, ninguém nunca chamou a atenção: os documentos enviados para o escritório devem atestar todos os ítens com, no mínimo a pontuação necessária. Eu acreditava que seria chamada para a entrevista, e lá mostraria os demais comprovantes dos pontos que faltavam...

Quer dizer, primeiramente eu errei. Falta de atenção mesmo. Fiz o teste online truzilhões de vezes e acabei me confundindo. Quando enviei nossos documentos eu ainda estava grávida, então que na época fazia o teste de duas formas, com 1 filho e com 2. Considerando apenas 1 filho seria necessário um nível intermediário de francês (150h) que tenho, mas só pude comprovar 100h [longa história], já considerando 2 filhos um francês básico era suficiente.

O que eu fiz? Misturei as bolas. Fiquei preocupada com a comprovação do francês e quando consegui o comprovante das 100 horas me emploguei e achei que eram suficientes, pois na entrevista eu apresentaria mais 4 pontos: meu bebê!

Será que ficou confuso?

Bom... mas não é o fim! Imagina que depois de tanto tempo de dedicação o assunto seria terminado assim. Segundo a mesma carta que nos recusou, temos um prazo de 60 dias corridos desde o envio da mesma para apresentar ao BIQ a comprovação dos pontos que faltaram, ou argumentos que provem que houve erro na análise dos documentos enviados.

No nosso caso, faltaram 4 pontos. Apenas a certidão de nascimento do Nicholas seria suficiente para provar esses pontos, mas já que vamos tentar mais uma vez, quero garantir e enviar comprovante de mais 50 horas de francês. Mas isso ainda eu teria que resolver como conseguir...

Esse nosso processo tá uma novela!
Categories: ,

16 comentários:

Drinho e Nessa disse...

Uau... quanto maior a dificuldade, maior será o sabor da vitória.
A propósito, vc's moram em qual cidade no Brasil?
Me passe teu email em pvt q vou te dar uma dica.
Drinho.

Diário Canadá Brasil disse...

Nossa Fê que susto eu levei!

Realmente, parece que quanto mais a gente lê mais confunde as bolas.

Hj, nós enviamos os nossos docs e só não enviamos com erros pq nossos amigos nos ajudaram.

Acho que seria bom se vc pudesse mandar as dois, tanto a certidão de Nicholas, quanto as horas restantes de francês.

Olha,faz o seguinte, vai numa aliança francesa e faz aquele teste de nivelamento que comprova que vc tem intermediário, um amigo fez e foi o suficiente, pq será bem dificil conseguir 50h em menos de 60 dias, entende?

Existe tbm outras provas feitas na Aliança que garantem essas horas ou o seu nível, vale a pena pesquisar sobre isso.

Quem é o requerente principal?

Desejo que vcs consigam resolver e corram para mandar de volta esses documentos que estão faltando.

Torço por vcs! E não se preocupem, foi um mal entendido e tudo será resolvido.

Abraço,
Diariocanadabrasil.blogspot.com

Filipe Moreira disse...

O importante é manter a idéia de pé, sem desanimar! Como você disse, os esforços para chegar até aqui foram grandes para simplesmente jogar tudo fora.

O que acham de encarar um curso de francês intensivo de férias agora em Junho/Julho. Época ideal, e vocês ainda faturam os 4 pontinhos que precisam.

Continue mandando notícias, pois quero ver a cartinha da entrevista em breve! :)

Abraços!

Patitando disse...

Eita Fernanda! Mas não se preocupe, vocês com certeza conseguem comprovar o restante dos pontos... Agora, Não ficou claro a questão do francês, no nosso caso comprovamos com uma carta do professor particular... Também não entendi porque deram zero no domaine de formation. talvez seja o caso de explicar que o nome do curso superior do marido é exatamente no nome correspondente em francês...
Enfim, se precisar de alguma ajuda em algum ponto estamos às ordens.
bj!

Juliana disse...

Oh my... que novela mexicana!! Mas novelas mexicanas tem sempre um final feliz ;)

Se precisar de alguma ajuda, estamos aí!

Bjos,
Ju

Liana disse...

Ola! Nossa, que susto! Mas, vcs mesmos ja tem a soluçao, vai dar td certo! Fui dormir pensando nisso ontem, até porque estamos quase enviando os nossos e estou cheia de duvidas, algumas seu post ate esclareceu, peguei seu email nos contatos ok? Ja li uma boa parte do seu blog, a historia de vcs é incrivel e tenha certeza, vai ter muito mais pra contar, vc vai ver!!! Estou na torcida! Bjao!!!

Fernanda disse...

Drinho,
deixei meu email num comentário do seu blog.

Filipe,
O francês eu tenho intermediário (as 150h), mas não tenho comprovante das últimas 50h... Mas mesmo assim considero a idéia de fazer um curso intensivo de férias.

Pati,
apesar de meu marido ter formação em área em demanda, ele não exerce e cursou há bem mais que 5 anos. Por isso não foi considerada a pontuação. Infelizmente.

A todos,
agradeço a torcida. Enviando a certidão de nascimento do Nicholas já conseguimos comprovar os pontos que faltam. Mesmo assim vou tentar conseguir provar essas outras 50hs de francês que tenho.

Dani,
já fui na Aliança Francesa, mas a declaração da 150hs só me dão se eu me matricular pro próximo nível, Vê se pode! Foi la mesmo que consegui as 100hs enviadas pro BIQ. A opção agora é carta de professor particular.

Bjs
Fernanda

Ju Chemim Tambosi disse...

Nossa Fer...
que susto!!!
mas vai dar tudo certo, entrega nas mãos de Deus, Ele sabe o que é o melhor para vcs!
Bjs

Around Myself disse...

Fer,

Poxa vida hein !!! Ai ai ai meniiina !!! Concerta logo isso ai e manda, nao aguento mais esperar nao !!!! kkkkkkk

bjuss
Ninha

www.brunahuguenin.blogspot.com

Zuzus disse...

Olá Fernanda,
Tenho uma sugestão. Existe um curso online de francês do Québec chamado (http://www.francaisquebecois.com). É barato, você pode fazer da sua casa na hora que der, tem várias informações sobre a vida, trabalho e cultura do Québec, e o melhor: ao final de cada módulo, vc vai receber acesso a uma página de certificado, que é aceita pelo governo do Québec. Eu imprimi em impressora colorida, levei os meus certificados na entrevista e a entrevistadora elogiou. Cada módulo tem 20h e, se vc der um gás em casa, consegue fazer 2 ou 3 módulos rapidinho!
Abraços,
Zuzu.

Guto disse...

As lutas são grandes ? Força pois as vitórias serão maiores ainda !!!

Apoema disse...

Não desanime!!!Com criança chegando, filho, marido, etc, etc, essas a gente pode ficar perdido e cometer essas confusões, mesmo. Boa sorte no recurso!!!Vai dar tudo certo!Bj.

Katy disse...

Poxa Fernanda que chato isso!
Tenta incluir mais experiencia profissional de vcs.
POxa fiquei triste por vcs.

Jucileide disse...

Olá!

É a primeira vez que visito seu blog e vim parar acessando o blog de um amigo, acabei lendo o post.

Bem, já tive amigos nessa situação e na época indiquei minha prof de francês. Eles explicaram a situação e se comprometeram a estudar com ela até a entrevista pelo menos. Ela avaliou o nível de francês e deu uma carta comprovando as horas, como se eles tivessem já estudado com ela mesmo.

Pena que ela não é aí de Sampa. Mas procura um professor (de preferência com experiência em imigração) e faz a mesma coisa, assim as coisas ficarão mais fáceis. Mas, lembre-se: você manda um comprovante de 150h e não pode parar de estudar, porque no dia da entrevista tem que ter um atualizado e o ideal seriam de 250h. Na verdade, quando fazemos com prof particular as horas são mais do que fazemos, pois uma hora de aula corresponde a 3h em um curso. Então você pode fazer mais umas 35h de aula e pedir um atestado de 100h, pois o prof particular geralmente avalia pelo nível do francês. No entanto, converse com o prof sobre isso.

Abraços e boa sorte

César, Valéria, Lara e Anaclara disse...

Que susto! Ainda bem que o problema já está resolvido. Estamos na maior torcida e nem quero imaginar um revés desses. Ufa!!


E a vida segue...

Familia Marcondes disse...

Obrigada pela dica, Jucileide, é o que estamos procurando fazer!

Um abraço,
Fernanda