30 de março de 2011

Resolvido o problema com meu francês

Depois de muito pensar sobre como comprovar meu nível de francês para enviar os documentos, resolvi fazer teste de nível no SENAC e na Aliança Francesa. Liguei para as duas escolas e ambas me disseram que não emitem qualquer tipo de comprovante ou declaração do nível do idioma.

Mas sempre existem os poréns... No Senac, me disseram que só dão um papelzinho que servirá para atestar seu nível no caso queira se matricular na escola. Mas é um atestado interno, sem valor nenhum. Expliquei que minha intenção era utilizar o atestado para dar entrada no processo de imigração e o que a atendente pode me dizer foi o seguinte "Vem fazer o teste, e conversa com o professor, dependendo ele escreve uma cartinha". Ou traduzindo: se o professor for com a sua cara ele faz a declaração.

Na Aliança Francesa foi um pouco diferente. Liguei numa unidade e me disseram que se eu quisesse um atestado de nível deveria fazer uma das provas oficiais oferecidas pela escola (Delf, TFC, etc), em outra unidade me disseram que simplismente não dão atestado nenhum, já em outra me disseram que eu poderia fazer um teste de nível gratuito, e assim que terminasse o teste deveria pedir para o setor pedagógico por uma declaração, que ficaria pronta em 3 semanas. Hum... achei interessante. Agendei meu teste e compareci na unidade.

Fiz o teste pelo telefone com uma professora que estava em outra unidade. Terminado o teste oral, fiz a prova escrita. Levei pouco mais de uma hora pra fazer as duas fases. Assim que terminei, completei meu pedido: gostaria de uma declaração feita pelo setor pedagógico.

Eis que a secretária me pergunta: você é aluna da Aliança? Já foi aluna? Porque só podemos fazer essa declaração se você estiver matriculada! Mas se não for, assim que se matricular posso pedir a declaração. ÓTIMO!

Como é que posso me matricular num curso faltando um mês para dar a luz?

Bom, o detalhe, é que já estudei na Aliança Francesa, lá atrás, em 2004. Cursei 100h, mas nunca considerei por acreditar que faz muuuuito tempo e pelo fato da unidade onde cursei ter fechado tbm ha muito tempo. Informei isso pra secretária da Aliança Francesa, passei meus dados, ela disse que procuraria minha ficha e que me ligaria para dar retorno sobre meu nível.

No dia seguinte recebi a ligação dela me informando que eu poderia entrar na turma de intermediário 1 (ou o nome que eles usam que é equivalente a esse). Confirmou que eu precisaria me matricular para pedir a declaração, mas finalmente me deu uma boa notícia: eu só posso pedir uma declaração das horas que ja havia cursado: 100 horas, que constavam no sistema dela! EBA!!

Sendo assim, fiquei feliz por saber que tenho o equivalente a 150h, mas que precisam ser comprovadas, e tenho o comprovante de 100h. Estou esperando a emissão dessa declaração para F-I-N-A-L-M-E-N-T-E enviar os documentos!!!

PAUSE: E o marido? Concordou em dar entrada no processo!! Claro que não com muita animação e fé. Mas isso ele melhora com o tempo...
Categories:

9 comentários:

Diário Canadá Brasil disse...

hehehehehe,que beleza menos uma coisa pra se preocupar né.

Te falei q na Aliança resolvia, quanto ao maridão deixa ele com o tempo vc vai ver daqui a pouco ele tbm estará emplogado.

Abração,
Diariocanadabrasil.blosgpot.com

Katy disse...

Olá,
Na verdade não é obrigatória a apresentação das 150 horas.
Isso ajuda bastante, mas tem muitos relatos em blogs que o pessoal mandou só 37 horas e foi chamado para a entrevista.
Bjs

SonhoComCanada disse...

quanta noticia boa num post só !!
parabens !
e boa sorte =)

abraços;
http://meetyoutherecanada.blogspot.com/

Hanna disse...

Boa sorte com o processo!
Vai dar tudo certo, tenho certeza!!!
beijos

César, Valéria, Lara e Anaclara disse...

Quando menos a gente espera a solução aparece. É sempre assim.

E a vida segue...

Gêmeos com ascendente em Gêmeos disse...

Com o tempo ele cai de cabeça nesse projeto. Já li muito blog por ai que uns deles não queria ir, mas com o tempo foi se acostumando com a idéia e hj "tá dentro". Tenho um casal de amigos que embarca dia 12 que a esposa estava assim, durante o processo ela foi se acostumando com idéia e hj não vê a hora de embarcar.
E o mercado de construção é super aquecido no Canada. Use esse argumente e pesquise para comprovar isso.
Abaços!
Vanessa

Um dia... Aline... no Québec disse...

Olá!

Que legal que o lance do francês deu certo e que vocês vão dar entrada no processo. E seu marido vai ter um tempinho pra se animar mais com a idéia.

Sucesso pra vocês!

Beijão, Aline.

IMIGRAÇÃO PARA O CANADÁ disse...

Oi Fernanda,

Que legal!!! Ficamos felizes em finalmente vocês estarem bem próximos em darem entrada no processo de vocês!!!

Estavamos lembrando à pouco no encontro em que nos conhecemos em janeiro/2010 na pizzaria na Av. Paulista... Já se foi 1 ano!!! E muitos dos que estavam lá, hoje já se encontram nas terras geladas!!!

É isso aí... Vencemos uma batalha por vez!!!



Um grande abraço e parabéns!!!


Abraço,

La Rocque e Silvia.

Família Marcondes disse...

Verdade La Rocque, um ano!!!!!
É inacreditável como o tempo passa. Mas é muito bom ver quantos já conseguiram realizar o sonho de estar no Canadá, e muito bom também saber que estamos próximo de ir.

Estamos torcendo por vocês.

Abraço,
Fernanda